Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
main logo
site atual logo
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Voltar

CCVF
GRANDE AUDITÓRIO

Maiores de 12

Teatro

público geral e famílias

sábado 16 janeiro, 19h00

escolas e instituições

quinta 14 janeiro, 15h00

sexta 15 janeiro, 15h00

Criação Crista Alfaiate 

Texto Crista Alfaiate e Diogo Bento

Apoio à Criação Cláudia Gaiolas e Diogo Bento

Interpretação Crista Alfaiate

Desenho de Luz Rui Monteiro

Assistência ao Desenho de Luz Teresa Antunes

Banda Sonora Sérgio Martins e Rui Lima

Técnico de Som Pedro Lima 

Conteúdos Gráficos e Visuais Catarina Lee

Conceção do Figurino Aldina Jesus

Produção Executiva Joana Costa Santos

Apoio à Produção Luna Rebelo 

Coprodução LU.CA – Teatro Luís de Camões e TNSJ

Apoio Fundação GDA e Largo Residências

_

Duração c. 50 min.

Grupos escolares e Instituições

Preço 2,00 eur


Inscrições por e-mail mediacaocultural@aoficina.pt ou por telefone 253 424 716

Preço
2,00 eur

Comprar

Em cena, tipo, uma atriz algemada. Mãos presas como uma criminosa. Ainda assim, disposta a escrever uma carta como quem fala. Enquanto fala. Acusada por si própria de vasculhar a correspondência alheia, reflete sobre o conteúdo de algumas cartas que leu (indevidamente, à socapa, em vez de estar a “anhar” no instagram ou a tirar selfies). Partindo de textos conhecidos como Carta do achamento do Brasil de Pero Vaz de Caminha, Carta ao pai de Kafka, Carta a Bosie de Oscar Wilde, Cartas portuguesas de Mariana Alcoforado e Novas cartas portuguesas de Maria Teresa Horta, Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa, entre outras, blá blá blá, esta carta fora do baralho pretende repensar alguns temas como o feminismo, a guerra e o pós-colonialismo num mundo onde o facebook e o Twittter é que estão a dar cartas. Uma carta que tanto pode ser um discurso ou um e-mail, sem medo do passado e de olhos postos no futuro. Uma correspondência a ser trocada entre toda a família e para pessoas maiores de 12 anos de idade.

Image
CCVF

/

GRANDE AUDITÓRIO

Maiores de 12

Teatro

SÁBADO 16 JANEIRO, 19H00

escolas e instituições

quinta 14 janeiro, 15h00

sexta 15 janeiro, 15h00

Niet Hebben - Carta Rejeitada
Crista Alfaiate

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL