Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
Festas da Cidade e Gualterianas
Festivais Gil Vicente
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
menu logo
main logo
site atual logo
Image
Image
Image
Image
Image
Image
Image

Voltar

Pequeno Auditório

Maiores de 3

Teatro

escolas e instituições

17 a 20 janeiro, 10h30 + 15h00

24 janeiro, 10h30 + 14h00 + 15h30

25 janeiro 10h30 + 15h00


público em geral e famílias

domingo 23 janeiro, 16h00

Direção artística e Interpretação Raimundo Cosme

Texto Conan Osiris e Raimundo Cosme

Cenografia e Vídeo Mariana Gomes

Assistência de Cenografia Raquel Melgue

Sonoplastia Conan Osiris

Figurinos Mariana Sá Nogueira

Design de Luz Sara Garrinhas

Direção de Produção Raquel Bravo

Direção de Comunicação Beatriz Vasconcelos

Captação de Som Miguel Ferrador

Vozes Ana Libório, Cláudia Jardim, Conan Osiris, Raquel Bravo e Vaiapraia

Produção Plataforma285

Coprodução São Luiz Teatro Municipal, A Oficina, Teatro-Cine Torres Vedras, Teatro Aveirense

Apoios Câmara Municipal de Barcelos e Estores Raul


A Plataforma285 é uma entidade financiada pela Câmara Municipal de Lisboa e o Governo de Portugal – Ministério da Cultura / Direção Geral das Artes. A Plataforma285 é uma estrutura associada de Cão Solteiro e Appleton associação cultural.

_

Duração c. 30 min.

A viagem arranca com muitas perguntas: onde é que mora o escuro? Onde é que ele está quando eu não o estou a ver? Será que ele pode falar connosco? Quantos monstros cabem numa sala escura? Estrelas, vórtices, buracos negros - toda a ajuda é necessária, nesta exploração ao centro do desconhecido. Este espetáculo para a infância nasce de uma investigação junto das crianças, para descobrir a resposta a todas estas perguntas (e a tantas outras que não cabem numa sinopse).

Image

Maiores de 3

Teatro

DOMINGO 23 JANEIRO, 16H00

No Escuro

Plataforma285 / Raimundo Cosme

Domingo 23 janeiro, 17h00

Café Concerto

Micro Conferência

Ariana Furtado, Raimundo Cosme e Susana Duarte


O que há no Escuro? Como falamos de escuro a esta faixa etária? Como avançar no escuro? Ou melhor, como continuar, com tantas dúvidas, poucas certezas e muitos medos? Numa mesa redonda e a partir do espetáculo, propomos uma conversa entre o criador do espetáculo, uma professora e ativista, uma programadora cultural e o público, para pensar sobre a ideia de desconhecido.

_

Entrada gratuita

Lotação limitada


PROGRAMA DE EDUCAÇÃO E MEDIAÇÃO CULTURAL

Newsletter

Para atualizações permanentes da programação cultural d'A Oficina

Subscrever

logo branco
facebookvimeo
logo branco
facebookinstagramvimeo
logo branco
facebookinstagramvimeo
logo branco
facebookinstagramvimeo
logo branco
facebookvimeo
logo branco